Como Vai Você?

by - 17:00



Olá meus queridos leitores, espero que esteja tudo bem com vocês...
Como vocês já puderam perceber, estamos em um mês onde toda a sociedade se sensibiliza com as pessoas que tem depressão ou algum outro probleminha psicológico como a ansiedade, pânico, até mesmo certos tipos de toc, entre outros que são inúmeros e se estou escrevendo pra alguém que tenha algum desses problemas, não pare de ler, eu escrevi isso pra você, porque a sua vida é importante pra mim!
O mês de setembro é chamado de “Prevenção ao suicídio: Valorização da vida” pelo fato de que o Ministério da Saúde começou a observar que o índice de mortalidade causada pelo suicídio aumentou drasticamente no Brasil e no restante do mundo também.
E desde então muitas pessoas tem se solidarizado em prol dessa campanha e por amor às pessoas que passam por isso, pois a depressão é uma doença silenciosa e mascarada, em muitos casos a pessoa nem sabe que tem, mas acha normal aquela vontade de “sumir”.
Como esse mês é voltado para a valorização da vida, vou trazer aqui no blog relatos de pessoas que passaram ou ainda passam por isso, para que você veja que você não está sozinho no mundo, não posso dizer que essa doença é algo normal, por que nenhuma doença é, entretanto ela esta se tornando “comum” em nosso meio e precisamos quebrar o tabu de que essa doença é frescura ou qualquer outra coisa que não precise de ajuda!
Nós do blog “E eu com isso?” valorizamos a vida, nós valorizamos a sua vida!
E a melhor maneira de se sentir bem é conversando, jogando fora todos os sentimentos ruins, e eu sei que muitas vezes é difícil falar, mas aos pouquinhos vai fluindo!

Se quiser desabafar pode ligar para o número 188 do CVV "Como Vai Você?", que é da campanha de prevenção ao siucídio.
Você pode me chamar no chat aqui do blog, ele funciona 24h por dia pra te ouvir.

Temos também o Instagram e o Twitter do blog, que estão sempre disponíveis para te ajudar.

Ao longo dos textos aqui postados estarei compartilhando histórias reais de pessoas que te entendem e que já passaram por isso, inclusive a minha, para que você veja que não está sozinho no mundo.
Até os próximos textos, e não se esqueça, você é importantíssimo pra alguém, assim como é pra mim!
Beijinhos do “E eu com isso?”.

You May Also Like

0 comentários